sábado, 26 de novembro de 2011

CAPÍTULO 1: DOIS AMORES

video

CENA 1/ FACULDADE

      Otávio entra na faculdade e se encontra com sua namorada Larissa:

OTÁVIO: Meu amor,estava morrendo de saudades

LARISSA: Também estava morrendo de saudades de você, dos seus beijos, do seu cheiro. Esses dois meses longe de você soaram como uma eternidade para mim.

OTÁVIO: Para mim também meu amor. Mas agora que as aulas da faculdade voltaram, vamos poder matar as saudades todos os dias.

LARISSA: Te amo, te amo, te amo!

CENA 2/CASA DE ANA E CACO, PAIS DE LARISSA

   Ana está apreensiva andando de um lado para o outro, quando é abordada pelo marido, Caco.

CACO: Meu amor, bom dia!

ANA: Só se for pra você. Hoje começa tudo de novo.

CACO: Está se referindo as aulas da faculdade da Larissa?

ANA: Também, mas estou me referindo mesmo a outros problemas

CACO: Tipo?

ANA: Como tipo? Com a volta das aulas da Larissa ela vai 
continuar de namorico com aquele menino, aquele tal de Otávio.

CACO: Você continua com essa cisma? O Otávio é um menino excelente, estudioso, responsável, cheio de qualidades.

ANA: Ele até pode ser isso tudo, mas não é o pretendente adequado para nossa menina
.
CACO: E quem seria? O Guilherme?

ANA: Claro! Faz um curso promissor na faculdade, filho de empresários famosos...

Caco corta a esposa.

CACO: ...Rico!

ANA: Pois é! O melhor para a nossa garota.

CENA 3/ FACULDADE

    Larissa caminha pelos corredores da faculdade e se depara com Guilherme.
GUILHERME: Olá... Quanto tempo!
LARISSA: Não quero papo com você.
GUILHERME: Por quê? O que foi que eu fiz?
LARISSA: Você ainda pergunta? Cada coisa horrível, vergonhosa que você fez. E ainda mais para me separar do Otávio.
GUILHERME: Será que você não entende que tudo o que fiz foi por amor?
LARISSA: Chega Guilherme! Me esquece. Eu amo o Otávio. É ele que me faz bem, me faz feliz, me faz delirar. É dele que eu gosto e é com ele que irei ficar para sempre.
 Nesse momento entra Otávio.
OTÁVIO: Guilherme? O que está fazendo com o meu amor?
GUILHERME: Que saco! Depois terminamos a nossa maravilhosa conversa Larissa.
LARISSA: Você quer dizer chata não é isso?
 Guilherme sai.
OTÁVIO: O que ele estava te dizendo?
LARISSA: A mesmice de sempre. Só provocação. Vamos esquecer esse idiota e voltar aos nossos beijinhos.
Larissa e Otávio se beijam.

CENA 4/ CASA DE ANA E CACO, PAIS DE LARISSA

   Ana está sentada no sofá, pensando em alguma coisa. Seu pensamento é interrompido pelas palavras de Caco.
CACO: Pensando no que, meu bem?
ANA: Na nossa filha e na vida medilcre que ela irá ter se continuar namorando aquele Otávio.
CACO: Esse papo de novo não Ana
ANA: Esse de papo de novo sim ou você acha que eu irei ver o futuro da minha filha ir para o fundo do poço de braços cruzados? Não, meu amor. Vou tratar de juntar minha filha com o Guilherme.
CACO: Vai perder seu tempo. Você sabe muito bem que a Larissa não gosta do Guilherme. O amor da vida dela chama-se Otávio.
ANA: Ah é? Então vou arrumar um jeito de separar esses dois. Lembra-se daquela proposta de emprego que recebi via e-mail?
CACO: Aquela que exigia que se você aceitasse a proposta fosse morar em Salvador?
ANA: Essa mesmo. Vou aceitar a proposta.
CACO: Você está louca?
ANA: Louca por quê? É uma oportunidade de emprego. Tenho todo o direito de aceitar. E é isso que vou fazer agora. Vou me informar um pouco mais sobre a empresa e depois comprar um presentinho.

CENA 5/ FACULDADE

  Guilherme passeia pelos corredores da faculdade quando é abordado por Amanda, uma colega que sempre foi apaixonada por ele.
AMANDA: Oi
GUILHERME: Oi. Como vai?
AMANDA: Bem. Animado para enfrentar mais um ano na faculdade?
GUILHERME: É. Tem que estar porque senão o negócio desanda. (RISOS)
AMANDA: Vamos combinar de sair algum dia? Sei lá, um desses bares requintados do Rio.
GUILHERME. Não posso. Nesse ano tenho que quadruplicar meu tempo de estudo.
AMANDA: Que pena! Pelo menos posso te fazer uma visitinha na tua casa?
GUILHERME: Claro! Você sabe que meus pais te adoram. Bem, agora tenho que ir pra sala. Beijos.
AMANDA: Tchau.
Nesse momento entra Lígia, uma amiga de Amanda.
LÍGIA: Passando uns papinhos no Gui não é?
AMANDA: Ai Ligia não enche o saco não, por favor!
LÍGIA: Calma gata! Rilex. Continua derretida pelo Gui?
Amanda: Sim. O tempo passa, mas os objetivos não. Eu ainda consigo namorar o Guilherme. E vou realizar essa conquista amanhã, na casa dele.
LÍGIA: Boa Sorte!

CENA 6/ PAISAGENS DO RIO DE JANEIRO

CENA 7/CASA DE ANA E CACO, PAIS DE LARISSA

  Larissa chega a casa e logo é abordada pela mãe.
ANA: Filha, conte-me. Como foi de primeiro dia na faculdade?
LARISSA: Legal mãe.
ANA: Mas eu tenho uma coisa pra te entregar que é mais legal ainda! Pega.
   Ana entrega um caderninho para Larissa.
LARISSA: O que é isso mãe?
ANA: Um passaporte.
LARISSA: Passaporte? Para quê?
ANA: Filha, resolvi aceitar aquela proposta de emprego que me mandaram via e-mail. A gente vai morar agora em Salvador.
LARISSA: Como é que é?


  Larissa está inconformada com as palavras que saíram da boca de sua mãe:
LARISSA: A senhora só pode está brincando com a minha cara. Mãe, eu não posso ir pra Salvador.
ANA: Não pode ou não quer?
LARISSA: Não posso porque tem a faculdade e não quero porque eu namoro e não estou a fim de ficar longe do Otávio.
ANA: Você tem sempre que colocar o nome desse garoto no meio não é Larissa?
LARISSA: Tenho porque ele faz parte da minha vida.
ANA: Pois agora trate de mandar esse rapaz desfazer de sua vida. Nós vamos para Salvador e ponto final.
LARISSA: Confessa mãe. A senhora resolveu aceitar essa maldita proposta de emprego para me separar do Otávio não é? Ou vai negar?
ANA: Pense o que você quiser menina. O que interessa aqui é que todos nós vamos pra Salvador e você está incluída nesse programinha.
     Ana sai.
LARISSA: Pai, você está de acordo com esse absurdo?
CACO: Filha, a sua mãe está com razão. Quem sabe essa proposta não ajuda desenvolver nossa renda?
LARISSA: O senhor sempre com essa mania de se manter neutro nas questões que se referem a minha vida e principalmente a minha felicidade.
    Larissa sai.
CACO: Vai aonde?
LARISSA: Não precisa nem responder.

Cena 8/PRACINHA

   Larissa está sentada no banco de uma praça quando Otávio aparece aflito.
OTÁVIO: Meu amor, o que aconteceu? Você estava tão nervosa no telefone.
LARISSA: Uma tragédia, Otávio. Minha mãe quer me separar de você.
OTÁVIO: Ela não para com essa mania de querer se meter no nosso amor.
LARISSA: Mas agora a coisa é séria. Ela vai viajar pra Salvador e quer me levar junto.
OTÁVIO: O quê? Ela não pode fazer isso.
LARISSA: O pior que pode ou você já se esqueceu que sou de menor?
OTÁVIO: A sua mãe tem que desistir dessa idéia.
LARISSA: Não adianta. A gente vai acabar se separando meu amor..... e eu não quero isso, não quero!
     O casal se beija.

Cena 9/Paisagens do Rio de Janeiro

Cena 10/ CASA DE GUILHERME

     Amanda entra na mansão de Guilherme e vai direto para o quarto, pronta pra colocar sua idéia em ação.
AMANDA: Oi Guilherme. Incomodo?
GUILHERME: Não, de jeito nenhum. Senta
   Amanda senta na cama.
AMANDA: Estudando muito?
GUILHERME: É o jeito. O que você conta?
AMANDA: (suspiro) Tenho que te confessar uma coisa! EU TE AMO, GUILHERME!
GUILHERME: Como é?
     Em um ato de impulso, Amanda  puxa Guilherme para a cama e eles começam a se beijar.

Cena 11/PRACINHA

     LARISSA: Engraçado, depois da aula a gente vem sempre por aqui para espairecer um pouco.
OTÁVIO: E namorar também.
LARISSA: Ah, Otávio, em saber que os nossos lindos momentos de amor estão com os dias contados.
OTÁVIO: Por que você não se impõe contra tua mãe? Diz que não vai e pronto.
LARISSA: Você fala como se isso adiantasse alguma coisa.
OTÁVIO: Pois eu sei uma coisa que vai funcionar.

Cena 12/PAISAGENS DO RIO DE JANEIRO

Cena 13/CASA DO GUILHERME

    Guilherme e Amanda estão deitados na cama, cobertos por um cobertor.
AMANDA: Adorei!
GUILHERME: É, foi bom. Tirando a parte de a camisinha ter estourado.
AMANDA: Não se preocupa. Foi um acidente. Agora me beija.
GUILHERME: Com todo o prazer.

Cena 14/CASA DE ANA E CACO, PAIS DE LARISSA

     Ana está preparando a comida quando a campainha toca.
ANA: Já vai!
   A campainha continua tocando até que ela atende. Ao abrir a porta ela tem uma surpresa
ANA: Otávio?
OTÁVIO: Olá Dona Ana. Não vai me convidar para entrar?





3 comentários:

  1. ei,aquele video lá de cima no começo é da propaganda da itacor?

    ResponderExcluir
  2. ta bom doido,gostei,bem q vc podia vender pra algum canal de tv.

    ResponderExcluir
  3. oi joao,sou eu a kalina,eu tamem criei um blog para postar minhas criações,o site é :http://newseries.novelablog.com.br/

    ResponderExcluir